segunda-feira, 16 de maio de 2011

Lembrança Boa

Sabe quando você não agüenta mais e joga pro ar sem nem ao menos pensar? Sem se quer pensar nas conseqüências? É hoje eu me sinto assim! Hoje, o meu chão desabou e parece que vai continuar assim por um bom tempo. Não queria ser assim, mas é como eu me sinto hoje. Mas como foi dito uma vez pela mais bela de todas “... graças a Deus, aos seres humanos foi concedida a faculdade de esquecer”
Pra eu melhorar, achei um “poema” super legal que descreve exatamente o meu ser.

“Sou como um livro. 
Há quem me interprete pela capa. 
Há quem me ame apenas por ela. 
Há quem viaje em mim. Há quem viaje comigo.
Há quem não me entende. 
Há quem nunca tentou. 
Há quem sempre quis ler-me.
Há quem nunca se interessou. 
Há quem leu e não gostou. 
Há quem leu e se apaixonou.
Há quem apenas busca em mim palavras de consolo. 
Há quem só perceba teoria e objetividade. 
Mas, tal como um livro, sempre trago algo de bom em mim.”



                                                                                   Lara Moraes.

4 comentários:

  1. Muito bom seu pensamento Lara ;D E esse poema ! nossa, que expressivo, interessante ! ;D

    ResponderExcluir
  2. Muito bom Lara ! Está de parabéns ! *---*

    ResponderExcluir

"Gentileza gera gentileza." - Profeta Gentileza.