quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Querendo a Certeza


Fiquei "ilhado" 13 dias sem internet, cujo motivos desconhecidos até por mim, pois as ciências exatas não são paixões minhas, que dirá dominar conhecimento técnico sobre coisas... Sobre coisas.. Enfim, esse tempo, confesso serviu para reflexões intermináveis, pois bateu justamente com 10 dias sem aula, quer dizer, tempo em ócio, momento ideal para grandes soluções de subjetividades internas, porém como tudo à minha volta, acontece ao contrário, isso não fugiria a anormalidade, vinheram sim, grandes dúvidas e questionamentos "irrespondiveis", ao menos por enquanto. Vejo que tudo que via, hoje pode ser visto sobre uma lupa torta que deforma minha visão anterior, ou será que a lupa de hoje, é a correta e eu viverá em algo inexistente fruto das deformações geradas por minha mente ? Não sei, sinceramente não sei, e o mais angustiante é não ter ao menos alguma noção. É então que substituo o saber pelo achar e querer, passando por cima de todos os meus princípios lógicos e reais, usando sempre da razão e tentando um à um excluir todas as subjetividades existentes numa equação eu digo:
"Quero, ainda que me enganandano,

eu quero, acreditar que o que vivi foi real,

que ainda é real, que ainda será real

e que pela manhã eu verei que foi só uma semana ruim.

Por mais que eu não acredite

em nenhum dos "reais" que proferi.".


Então, eu continuo acreditando no desacreditado. E espero um dia ter a certeza de que eu acreditei no certo.


Sempre querendo a certeza.


4 comentários:

  1. Certeza. Poderia ser ela ao menos uma vez estabelecida certamente para parar de gerar tantas questões? 13 dias Lucas? Espero que não sejam tão dificeis de serem aturados longe da internet, pois meus planos incluem muito mais tempo longe do mesmo.

    Ps: Como sempre, lindo texto, reflexivo, e linda fotografia!

    ResponderExcluir
  2. Lê... (acabei com seu disfarce) obrigado... Pois é 13 dias para mim pareceram mortais... Será duro ficar mt tempo longe de tii =/ "na net"

    Whatever.

    Obrigado pelo elogio...

    ResponderExcluir

"Gentileza gera gentileza." - Profeta Gentileza.